Transporte público em Malta

 

Quando cheguei em Malta me apaixonei pelos ônibus.  Ônibus? Isso mesmo. Transporte público. Carinhosamente chamados aqui em São Paulo de  BUSÃO. Hehehe Naquela época, os modelos que circulavam pela ilha eram essas fofuras aí embaixo. Olha, eu sou super a favor da modernização, mas, sinceramente, Malta perdeu um pouco de seu charme e encanto depois que os ônibus foram substituídos pela nova frota.

 

onibus malta

Esses ônibus deveriam ter se tornado patrimônio histórico. Se pensarmos pelo lado marketeiro da coisa, branding, marca País, tirar esses ônibus de circulação foi um grande erro. Eles davam a Malta cara de férias. A sensação quando eu entrava em um deles era de que eu estava realmente de férias. Mas não em qualquer lugar. De férias num lugar único, exclusivo e cheio de charme. A troca de ônibus descaracterizou o país. A sensação que ficou é que a nova frota não combina com aquela ilha que transborda uma miscelânea cultural. O ônibus da Arriva, empresa que assumiu o transporte público maltês em julho de 2011,  é muito mainstream para um lugar tão pitoresco. Não estou aqui querendo dizer que os malteses não mereciam um sistema de transporte público melhor. Mas acho que o governo e a Arriva podiam ter pensando numa forma de melhorar o sistema e os veículos, mas mantendo a identidade visual. Poderiam ter restaurado a frota antiga. Melhorando motor, assentos, instalando ar condicionado, etc. Conservando um ícone cultural como este, Malta não só iria manter, mas fortalecer sua identidade e se tornaria ainda mais atraente como um destino inusitado de férias. Enfim, infelizmente, eles não pensam como eu e hoje os ônibus que circulam pela ilha são ônibus herdados da Inglaterra.

Quando aconteceu a troca eu ainda morava em Malta e me lembro que foi um transtorno. Se antes os ônibus passavam a cada 30 minutos, com o novo sistema demoravam 1, 2, 3 horas ou simplesmente não apareciam. Imagina o sofrimento do pobre coitado que ousava tentar pegar um ônibus ao meio dia com o sol de 40 graus na cabeça. Era de chorar. Eles conseguiram transformar as férias das pessoas em um caos. Tenho certeza que muitas pessoas que estavam lá, não tem vontade algum de voltar a Malta. A sensação era de falta de planejamento e organização. Isso me vez pensar várias vezes que se Malta com 400 mil habitantes não deu conta, imagina o que aconteceria com São Paulo se um dia o sistema todo fosse trocado? Até hoje não entendo porque eles optaram por fazer essa troca bem no meio das férias de verão, uma época que a ilha fica lotada. Se não deu tempo de fazer antes das férias, deveriam ter esperado até setembro pelo menos. Assim seria mais fácil para treinar todo os funcionários, gerenciar crises como dos motoristas antigos que se rebelaram e muitas vezes tentaram boicotar o novo sistema. Pois é, o que dizia-se pelas ruas de Malta era que os motoristas estavam insatisfeitos com a nova forma de remuneração a que estavam sendo submetidos e assim atrasavam as viagens. Comentava-se que antes o ônibus era mantido pelo próprio motorista. Além do valor de aluguel do ônibus, eles levavam uma parte da tarifa que aliás era muito barata (variava de 0,47 a 1,16 euros).  Depois que a Arriva assumiu, os ônibus foram inutilizados, portanto eles perderam o valor do aluguel, a tarifa aumento, mas a participação na tarifa foi cortada e eles passaram a ganhar apenas um salário fixo, que dizem que era bem baixo. Adoraria um dia voltar a Malta e entrevistar todos os envolvidos nesse processo para saber se tudo isso é de fato realidade ou não passa de uma lenda urbana.

Ao que parece, agora, um ano depois a situação melhorou muito pela ilha. Hoje você pode comprar os bilhetes online, pode comprar pacotes com desconto, é uma maravilha.

valor do ônibus em malta

 

Se quiser saber qual o ônibus pegar para ir para as praias, pontos turísticos, etc.  consulte o número do ônibus correto aqui. Espero que os motoristas estejam mais simpáticos do que eles eram antigamente.

 

2 respostas para “Transporte público em Malta”

  1. Ei, tudo bem? Me diz uma coisa, brasileiros estudantes em Malta conseguem comprar essas passagens de residentes, com disconto? Obrigada. 😉

  2. Devo admitir que os ônibus antigos eram mais charmosos, mas nada como melhorar a eficiência do transporte público. Será que ainda existem ônibus antigos como forma de atração turística por la? Um abraço.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *